15 junho 2007

Começa diagnóstico participativo da Agenda 21 de Alta Floresta

14/06/2007

Acontece no dia 20 de junho, no RECANTO DAS ORQUÍDEAS a reunião do Fórum de Políticas sustentáveis e Agenda 21 Local. Nessa reunião será discutido Rede Nacional das Agenda 21 Locais, eleição do coordenador do fórum e ainda, discutiremos os encaminhamentos do trabalho da agenda 21 local, tal como o Plano de intervenção de áreas alteradas.


O QUE: reunião do Fórum de Políticas Sustentáveis e Agenda 21 Local

QUANDO: 20/06/2007, 14h às 16h.

ONDE: Recanto das Orquídeas

CONTATOS: Anderson Flores (66) 9207 3348


A Agenda 21 Local é um projeto da prefeitura de Alta Floresta, com financiamento do Fundo Nacional do Meio Ambiente, e visa elaborar junto com a sociedade alta-florestense uma agenda de políticas públicas para a construção de uma sociedade sustentável, ou seja, uma sociedade com melhor qualidade de vida para a população, através do incremento da renda e crescimento econômico, da inclusão social e do equilíbrio ambiental, conforme os princípios estabelecidos pelas diretrizes da Agenda 21.



O que é Agenda 21 Local?

É um instrumento de planejamento de políticas públicas municipais. Uma espécie de guia, onde estão retratados o perfil do município, os problemas e ações que a população considera prioritários e ainda o desenho do município que a população sonha em ter no futuro, levando em consideração áreas como saúde, educação, habitação, infra-estrutura, habitação, produção, entre outros.


Pra que serve uma Agenda 21 Local?

Para que o poder público tenha um documento que oriente sua atuação de acordo com o que a população acha prioritário. E também para que cada setor do município descubra como pode fazer para melhorar sua região, compartilhando a responsabilidade pela construção da cidade que todos sonham.


Objetivos específicos do Agenda 21 Loca de Alta Floresta:

• Fortalecer a capacidade dos diversos segmentos da sociedade local de se mobilizarem e trabalharem em conjunto, de forma articulada, para a melhoria das condições sócio-econômicas e ambientais;

• Apoiar o processo de capacitação e formação continuada dos diversos segmentos da sociedade, abrangendo o setor público, o setor privado e a comunidade, visando subsidiar uma mudança de paradigma em direção à sustentabilidade;

• Consolidar e disseminar a base de informações necessárias ao desenvolvimento de estratégias e ações visando a sustentabilidade;

• Construir a Agenda 21 do município, podendo servir de referência para a construção da Agenda 21 dos municípios vizinhos e da região da Amazônia Mato-Grossense;

• Encaminhar propostas concretas e detalhadas no campo do manejo e recuperação de áreas alteradas, uma questão considerada prioritária na realidade local.


Maria Elisa Corrêa Silva
(66) 3521-8555
(66) 9208-1672
mariaelisa@icv.org.br

Um comentário:

Joao Soares disse...

Oi,Clarissa Tag
Ainda bem que tem um blog.
parabéns.
Bjinhos Portugal
Bioterra